Vereadores governistas vão a Delegacia e acusam presidente da Câmara de “Fraudar Eleição”

Vereador Adjamir (SD) , assinando o BO na delegacia de Mamanguape.

Vereador Adjamir (SD) , assinando o BO na delegacia de Mamanguape.

 

Na tarde desta sexta-feira (28), quatro vereadores da bancada governista de Curral de Cima, estiveram da Delegacia de Polícia Civil de Mamanguape para prestar um Boletim de Ocorrência (BO), contra arbitrariedade do presidente Naldinho Ribeiro (PMDB), que não seguiu o regimento da Casa de publicar o edital e  comunicar aos pares o processo de antecipação da eleição para o biênio 2019/2020.

Os vereadores, Adjamir Souza (SD), Almir Farias (PR), Gil de Gracinha (PSB), Gilliard Fernandes (Gina do PT do B) e Angelo Batista da Silva (DEM), vão pedir a justiça à anulação da reeleição do atual presidente que visa interesse próprio. Eles alegam que a antecipação da eleição da Mesa está irregular, e não tem dúvidas que a justiça seja feita.

 O vereador Almir Farias, disse ter ficado surpreso com a atitude antidemocrática do presidente. Para Almir, Naldinho faltou com respeito às leis, ao povo curralense, que promete invadir as galerias da Casa na próxima sessão.

O vereador Adjamir Souza, lamentou as manobras do atual presidente que vislumbra se beneficiar por mais dois anos a frente da Mesa diretora. O parlamentar acrescentou que Naldinho burlou o regimento interno da Casa, por isso, a antecipação da sua eleição para mais um biênio será anulado pela justiça.

A redação do Blog Chico Soares, até o fechamento desta matéria não localizou o presidente Naldinho Ribeiro para falar sobre o assunto. A antecipação da eleição da Mesa da Câmara de Curral de Cima está repercutindo na região do vale.

Veja o BO e as fotos:

 Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários