Vereadora pede pra retirar buceta dos anais

assediozémayerA Câmara Municipal de João Pessoa teve um dos seus momentos mais gloriosos ontem. Discutia-se em plenário o grave caso de assédio sexual ocorrido na Rede Globo. O ator/galã José Mayer teria assediado uma figurinista e esta, que não gostou das investidas, botou a boca no mundo, contando tudo e mais um pouco.

Pois bem,hoje, logo no início da sessão, a vereadora e eterna defensora dos direitos da mulher, Sandra Marrocos, assumiu a tribuna para fazer a defesa da inditosa jovem.

Falou, disse, contou, expressou sua indignação e, por fim, leu o depoimento da jovem.

No depoimento, a moça conta que Zé Mayer deu em cima dela e, a certa altura, passou-lhe a mão na perseguida.

Só que a moça falou o nome que todos conhecemos: “Ele passou a mão na minha buceta”.

Sandra, que não gosta de alterar os textos sob sua leitura, leu buceta do jeito que estava escrito. E como a buceta era repetida três vezes no texto, Sandra pronunciou a buceta nas três vezes em que se deparou com a palavra.

Foi aí que a vereadora Raissa Lacerda, presidente da sessão, ruborizou-se e ordenou:

-Peço para que seja retirada a palavra buceta dos anais”.

Antes, porém da ordem ser cumprida, ouviu-se lá das galerias o grito revoltado de Jacaré, assíduo frequentador das sessões do Legislativo:

– Oxente, que desmantelo é esse? Quer dizer que aqui pode ter anais e não pode ter bucetais?!”

Blog Chico Soares com Tião Lucena



Comentários