Trump ameaça e Coréia do Norte avisa que haverá ‘resposta sem piedade’

donald trump e Kim Jong-un

A China adverte que o conflito pode estourar “a qualquer momento”, e até cancelou voos para Pyongyang.

A Coreia do Norte promete uma “resposta sem piedade” a qualquer “provocação” dos Estados Unidos, Segundo anunciou nesta sexta-feira (14) a KCNA, agência oficial norte-coreana, acusando o governo Donald Trump “entrar numa fase de ameaças abertas e chantagens” ao governo do tirano Kim Jong-un.

A China, que advertiu que um conflito pode “estourar a qualquer momento”, anunciou a suspensão das ligações aéreas para a Coreia do Norte a partir de segunda-feira (17). O presidente chinês Xi Jinping fez recente visita oficial a Washington e ouviu de Trump o pedido para associar-se ao esforço para conter a ditadura norte-coreana.

A Rússia, “muito preocupada” com o ressurgimento de tensões na Coreia do Norte, exortou todas as partes a conterem-se e evitar qualquer ação que possa ser interpretada como “provocação”.

Quem causa ‘problemas’

Antes disso, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros, Han Song Ryol, norte-coreano havia dito que não é a Coreia do Norte, mas sim os Estados Unidos e Trump que “causam problemas”.

Han Song Ryol disse que Pyongyang não vai “ficar de braços cruzados” diante de um ataque americano. A tensão acentuou-se nos últimos dias e pode ser iminente um novo ensaio nuclear norte-coreano, possivelmente neste fim de semana.

Nesta quinta, depois de anunciar um bombardeamento no Afeganistão, Trump afirmou que “a Coreia do Norte é um problema” e que” o problema será tratado”. Além disso, segundo a NBC News, os EUA preparam um “ataque preventivo” contra a Coreia do Norte, com armas convencionais, se esta insistir com testes de armas nucleares.

Imagens de satélite divulgadas esta quinta-feira indicavam que a Coreia do Norte estaria na iminência de realizar um sexto ensaio nuclear a curto prazo, sugerindo especialistas que este poderia decorrer já este sábado, data em que se assinala o 105º aniversário do nascimento do fundador do regime, Kim Il-sung, avô do atual dirigente, Kim Jong-un.

Blog Chico Soares com Diário do Poder



Comentários