Rômulo garante que PSD trabalha por candidatura ao governo e reforça união das oposições na Paraíba

romuloO presidente do PSD na Paraíba, deputado federal Rômulo Gouveia, confirmou, nesta segunda-feira (17), que depois do desempenho do partido nas eleições municipais, a legenda deve ter candidatura própria no estado. A decisão segue a orientação nacional da sigla que prevê candidaturas ao governo nas eleições de 2018 aonde for possível. Rômulo destacou que, contando com os nomes que o partido dispõe, a Paraíba está entre as metas de candidatura do PSD.

Nas eleições municipais de 2016, o partido acumulou a segunda maior votação para cargos majoritários na Paraíba, elegendo 27 prefeitos, 21 vices e 183 vereadores, permanecendo entre os partidos que mais elegeram filiados no estado. Rômulo destacou que, no próximo ano, será a segunda eleição geral em que a legenda, fundada em 2011, irá participar. O objetivo é se consolidar como um dos partidos mais importantes do Brasil.

Sobre a aliança que o PSD integra na Paraíba, Gouveia reforçou que o partido também defende a permanência da união selada em João Pessoa em 2016, quando, em parceria com o PSDB, PMDB, PP, PRB e outros partidos, estiveram juntos na disputa eleitoral. “A gente reconhece que cada partido tem o direito de ter sua candidatura, como o PSD também tem, mas vamos conversar, até porque não se tem vaga apenas para governador, tem ainda para o Senado e a Câmara”.

Com assessoria



Comentários