Curral de Cima comemora 23 anos de emancipação política com festa nesta quinta-feira

18222004_1053211028114418_6938239639875273995_nA população de Curral, na região do Vale do Mamanguape, comemora 23 anos de emancipação política nesta quinta-feira (4). Segundo o prefeito Totó Ribeiro (PSDB), as festividades tiveram início na segunda-feira (1), Dia do Trabalhador com um torneio de futebol no sítio Campinas de Neco Ângelo e se estenderá até o sábado (6), com posse do padre Toinho Monteiro, na matriz de São Miguel.

No centro da cidade haverá shows em praça pública para os curralenses e visitantes, com as atrações – Tony Farra, Wylley Gomes, Forró Bixão e Forró Clonado, a partir das 23h. De acordo com os organizadores a segurança do evento será feito pela Policia Militar e Seguranças contratados pela Prefeitura local.

Com pouco mais de 100 dias de governo, Totó Ribeiro entregará a população a reforma da principal escola do município, Valdevino Ribeiro, com aquisição de novos equipamentos para os estudantes, além do prédio da secretaria de Saúde.

Totó, disse que as tradicionais festas serão resgatadas com organização para atrair centenas de visitantes de outros municípios para aquecer a economia local.

História

Distrito criado com a denominação de Curral de Cima, pela lei estadual nº 1943, de 10-01-1959, subordinado ao município de Mamanguape. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Curral de Cima, figura no município de Mamanguape. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.Elevado à categoria de município com a denominação de Curral de Cima, pela lei estadual nº 5930, de 29-04-1994, alterado pela lei estadual nº 6426, de 27-12-1996, desmembrado de Mamanguape. Sede no antigo distrito de Curral de Cima. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1997. Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Confira a programação:

18193786_1053220721446782_2720525054238910832_n

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários