Câmara Federal ressuscita PEC 77 que unifica eleições e pode cancelar pleito de 2018

29o19014935o388411t819f3_fotoA Comissão Especial da Reforma Política segue discutindo temas isolados e hoje decidiu adiar a votação de mais um relatório parcial para a próxima terça-feira, 9. Este trata da unificação  prazos de desincompatibilização eleitoral. Porém, um dos temas mais polêmicos da reforma política começa a voltar ao debate. A unificação das eleições em 2020, o que prorrogaria os mandatos dos deputados, senadores, governadores e do presidente Michel Temer até lá, suspendendo assim a eleição de 2018.

Além da a coincidência das datas de todas as eleições, a PC 77/2003, que segundo o site da Câmara Federal, vai ser analisada em separada pela Comissão, trata também do fim à reeleição para os cargos de presidente da República, governador e prefeito e institui mandato de cinco anos.

Além de matéria no site da Câmara (leia aqui), que trata a PC 77 como os próximos passos da Comissão da Reforma Política, um documento que circulou em parte da imprensa no dia de hoje, demonstra que apesar de polêmica, a PEC está mesmo nos planos dos parlamentares.

Trata-se de um Ato da Mesa Diretora da Câmara, assinado pelo presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM), autoriza a tramitação da PEC em caráter de urgência.

Confira abaixo documento que circula e trata do tema:

Fonte: Marcos Wéric



Comentários