Advogados se dizem otimistas com audiência da Aije em Mamanguape

IMG_9598A população de Mamanguape e a classe política estão vivendo momentos de expectativa em relação ao julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), referente às eleições de 2016 da cidade de Mamanguape. O Ministério Público Eleitoral (MPE) pede a cassação do diploma, registro e aplicação de multa a prefeita Maria Eunice (PSB) e sua vice, Baby Helenita (PRTB).

A primeira audiência da AIJE aconteceu nesta quarta-feira (26), em uma das salas do Fórum desembargador Miguel Levino de Oliveira. A juíza Juliana Maroja e a promotora Juliana Salmito ouviram sete testemunhas, cinco de acusação e duas de defesa. A audiência durou 8h de trabalho para a justiça eleitoral.

 Os advogados de acusação e defesa no processo na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pelo Ministério Público Eleitoral contra a prefeita e vice, dizem otimistas e confiantes quanto à sentença da justiça eleitoral.

Um dos advogados de acusação, Ariano Fernandes Filho, fez uma avaliação da audiência como positiva diante os depoimentos das testemunhas. O advogado disse que a Ação movida pelo MPE diz tudo sobre o pleito do ano passado, não tem dúvidas que a justiça eleitoral seguirá o parecer do MPE, confirmando na sentença a cassação das representantes do Executivo do município.

Por sua vez, um dos advogados que representa a prefeita e sua vice, Fábio Brito, afirmou que está absolutamente confiante e otimista no indeferimento do processo da AIJE. De acordo com o advogado, os depoimentos das testemunhas diz não haver provas nos autos que referendam a tese para cassação.

 Por Chico Soares



Comentários