“O clima esquentou” – Por Napoleão Soares

De volta ao normal nos trabalhos legislativos, após o resultado do primeiro turno das eleições, o “clima esquentou” na Câmara Municipal de Itapororoca. Durante sua fala, na tribuna Casa de Rúbia Maia Coutinho, a vereadora de vários mandatos, Riseuda Nunes (PP), estava com a “língua afiada”, e acusou a socialista, Josilda Lopes (Vereadora do PSB) de ter gravado um áudio nas redes sociais assinalando uma suposta compra de votos, do seu filho, no último domingo (07), dias das eleições em todo Brasil.

“A senhora prova vereadora que Pericles tava dando dinheiro? não diga que é mentira, que nós recebemos a gravação com sua fala. Eu conheço vossa excelência, lhe considero e respeito, agora hora nenhuma meu filho fez isso. As eleições passam e as amizades ficam”, descarregou a guerreira, como é chamada em toda cidade.

A líder “girassol” Itapororoquense, Josilda Lopes preferiu não responder as acusações e deu o silêncio como resposta.



Comentários