Mamanguape entrega maior número de mudas de árvores da história

A Secretaria de Meio Ambiente do município encerrou na última semana as atividades do seu planejamento anual e divulgou o relatório de todas as ações desenvolvidas pelo órgão. Além da atuação nas políticas públicas em defesa do meio ambiente, a secretaria ainda concentra as políticas de recursos hídricos e também defesa civil.

Neste ano a pasta, em parceria com o SENAR e as principais empresas do agronegócio do Vale, ofertou um curso de auxiliar administrativo, com bolsa para 100 (cem) jovens e recebeu mais de 1000 (mil) estudantes de diversas escolas municipais, estaduais e da universidade de diversos. A sede do Horto Florestal passou por uma reforma estruturante e passou a funcionar também como sede da Secretaria e no local foi realizada a distribuição de mais de 2.000 (duas mil) mudas de árvores nativas e ornamentais.

A Bica do Sertãozinho, espaço gerido pelo órgão, acolheu diversos fins da população municipal, do vale e de diversas outras regiões, com um número que giram em torno de mais 26.000 visitantes, sendo hoje referência no Turismo do Vale. A secretaria ainda atua na revitalização e manutenção dos principais espaços públicos no paisagismo municipal, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, em locais como as praças 13 de Maio, do Rosário e da Juventude, Subseção da OAB e na Alameda do Centro da Cidade.

Em 2019 a secretaria realizou a maior Semana de Ambiente do Vale, com o tema: Mamanguape Limpa e Sustentável, Dever de Todos Nós, abordando a gestão municipal dos resíduos sólidos. As parcerias são outro forte da pasta, que atua com a UFPB para a implantação de tratamento de esgoto sustentável e de extrema relevância para a zona rural do nosso município. Instituiu, em parceria com a Secretaria de Agricultura, o programa PCMA+, no intuito de capacitar os diversos setores da população sobre ações sustentáveis, de melhoramento de produção e educação ambiental.

O órgão está formalizando convênio com a CAGEPA objetivando a conclusão da obra de saneamento básico do município, com toda a documentação já levantada e agora ingressando na fase de pactuação, para posterior início das atividades. A pasta contratou a elaboração de um Plano de Recuperação de Área degradada, para que, após a conclusão do processo de desativação do lixão municipal, possamos dar início a recuperação da área, cumprindo assim com os acordos estabelecidos entre o município e o Ministério Público.

A secretaria realizou a perfuração de 4 (quatro) novos poços artesianos no município, atendendo a localidades das zonas rural e urbana, melhorando o abastecimento de água para mais de 6.000 habitantes. Também iniciou juntamente com a SEDURB o levantamento das ruas próximas aos poços perfurados, bem como topografia, mensuração e outras atividades necessárias para elaboração e implantação de rede de abastecimento, evitando assim que as pessoas tenham que sair de suas casas para buscar água nos poços.

Foi dado início a melhoria das tubulações das redes municipais de abastecimento em alguns bairros, como Cidade Nova e outras na zona rural como Camaratuba e Pitanga. O abastecimento com carro-pipa foi ampliado nas localidades atendidas, tanto na Zona Rural como na Urbana, devido à grande estiagem e a falta de chuva em períodos intermitentes ao longo do ano.

Em parceria com o Corpo de Bombeiros, o órgão coordenou as principais ações em prevenção de acidente, remediação de desmoronamentos, prevenção de enchentes, controle imediato de incêndio entre outros. Realizou também a vistoria dos principais barramentos e pequenas barragens da zona rural do município, expedindo algumas recomendações de segurança e orientamos os proprietários e moradores sobre as principais atitudes a serem tomadas em situações de risco.

Visando evitar problemas causados por obstruções e assoreamento dos rios e córregos urbanos, realizou a maior campanha de limpeza de rios e córregos da história do município e, ainda em conjunto com os bombeiros, fez intervenções em áreas de risco, a fim de prevenir possíveis desastres. A secretaria também visitou prédios e edificações em estado de ruína, com risco iminente de desabamento, expedindo a documentação necessária e encaminhando os laudos para os órgãos de fiscalização para solução das



Comentários