Em sessão presidida por Veneziano, Senado Federal homenageia os 250 anos da Catedral de Campina Grande

Ao presidir, no Senado Federal, a primeira sessão de entrega da Comenda Zilda Arns a personalidades nacionais e instituições que atuam em favor da proteção da criança e do adolescente no Brasil, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) prestou homenagem aos 250 anos de criação da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, em Campina Grande. Veneziano foi o primeiro parlamentar a presidir a sessão de entrega Comenda Zilda Arns, que nesta primeira edição contemplou 11 condecorados.

Com orgulho incontido, o senador paraibano, escolhido pelos demais parlamentares para presidir a sessão solene, destacou a importância e o legado de Zilda Arns e enalteceu o brilhante trabalho humanístico dos homenageados com a Comenda. Ele enfatizou que o prêmio foi criado com intuito de reconhecer indivíduos e organizações que se destacam na área da proteção à criança e ao adolescente.

Ao fazer a leitura do ato que instituiu a Comenda, através da Resolução 21/2017, o parlamentar disse que era uma honra presidir a sessão histórica e agraciar pessoas e instituições que desenvolvem, no Brasil, ações e atividades destinadas a proteção da criança e do adolescente.

No momento em que convidou para receber a Comenda o padre campinense Luciano Guedes do Nascimento Silva, pároco da Catedral, Veneziano enfatizou os inúmeros serviços prestados pela Catedral de Campina Grande em favor da criança e do adolescente, em suas diversas pastorais. Para conceder a homenagem, o Senado considerou o trabalho que a Catedral campinense desenvolve com crianças e adolescentes, através das ações da Pastoral do Menor.

“A Catedral, querida Catedral de Nossa Senhora da Conceição, de minha amada Campina Grande, na Paraíba, acaba de completar 250 anos de inúmeros serviços assistenciais em prol da criança e do adolescente”, destacou o senador.

Ao discursar na tribuna do Senado, Padre Luciano agradeceu a homenagem e destacou o papel social desenvolvido pela Catedral de Campina Grande, não apenas através da Pastoral do Menor, mas também de outros serviços pastorais. Ele agradeceu a indicação feita pelo Senador Veneziano e fez referência aos 250 anos da Igreja Matriz, celebrados no último domingo, dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição.

A Comenda Zilda Arns foi criada em 2017 e leva o nome da médica Zilda Arns Neumann (1934-2010), sanitarista e pediatra que se destacou na ação social junto a populações carentes, atuando no Brasil e no exterior. Irmã do cardeal Paulo Evaristo Arns, ela foi fundadora da Pastoral da Criança, organismo da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que trabalha no desenvolvimento de ações de saúde, educação e cidadania com foco no bem-estar infantil e materno.

Foram homenageados com a Comenda, Alice Thümel Kuerten, assistente social aposentada e está à frente do Instituto Guga Kuerten; Associação de Diabetes Infantil; Casa Azul Felipe Augusto: Catedral de Nossa Senhora da Conceição de Campina Grande; Divaldo Pereira Franco, reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade; Evangelia Kotzias Atherino dos Santos, Enfermeira; Hospital Pequeno Príncipe; José Antônio Borges Pereira, Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso; o teólogo Miguel Antônio Orlandi; o Núcleo de Amparo ao Menor e Tânia Mara Garib, Cirurgiã Dentista.

Sobre a Catedral – A Catedral de Nossa Senhora da Conceição de Campina Grande foi criada em 08 de dezembro de 1769 pelo então Bispo de Olinda, Dom Francisco Xavier. Em 1941, por um decreto do Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Arcebispo Metropolitano Dom Moisés Coelho, foi elevada à categoria de Paróquia Inamovível, isto é, uma Paróquia que não pode deixar de existir. Atualmente, é dirigida pelo Padre Luciano Guedes do Nascimento Silva.

Sobre Zilda Arnas – Zilda Arns Neumann foi uma médica pediatra e sanitarista brasileira. Foi também fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança. Recebeu diversas menções especiais e títulos de cidadã honorária no país. Da mesma forma, à Pastoral da Criança foram concedidos diversos prêmios pelo trabalho que vem sendo desenvolvido desde a sua fundação. Em 2012, numa seleção por um formato internacional, Arns foi eleita a 17° maior brasileira de todos os tempos.

Assessoria



Comentários