Diretoria de Pesca de Rio Tinto atende pescadores e concluiu revitalização do Porto de Jaraguá

Serviço de revitalização do Porto teve a autorização do ICMbio. Demanda era solicitada por pescadores.

A Diretoria de Pesca de Rio Tinto concluiu os serviços de revitalização do histórico Porto da aldeia Jaraguá, na área das margens do rio Mamanguape, em Rio Tinto.

Os serviços visavam atender a demanda apresentada pelos próprios pescadores da região, que poderiam ficar prejudicados com o processo de desassoreamento no local, ocasionado por ausência de medidas que proporcione a contenção da barreira do rio.

“Após ouvir vários pescadores onde, muitos deles, há anos frequentam o Porto Novo em Jaraguá, nos mostraram suas preocupações em perderem seus barracões por conta da chegada das águas ao local”, considerou o diretor de pesca – Wellington Juba, em ofício destinado ao Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMbio), solicitando autorização para o início da obra.

Na construção do muro de suporte vivo, “a barreira de contenção”, foram utilizados barro (piçarro) e tronco de árvores, materiais considerados permitidos pelo ICMbio, já que a região é uma Área de Proteção Ambiental (APA).

 

PB Vale



Comentários