Vice-prefeita de Mamanguape não comparece a encontro dos girassóis nesta quinta

Vice-prefeita de Mamanguape Baby Helenita.

A vice-prefeita de Mamanguape, no Litoral Norte do estado, Baby Helenita (PRTB), nesta tarde de quinta-feira (7), deu sinais de rompimento político definitivo com a prefeita Maria Eunice Pessoa (PSB). Ainda não se sabe se Baby de Leó, vai apoiar a pré-candidatura de João Azevedo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV) ou José Maranhão (MDB) nas eleições de outubro. De uma coisa certa, não subirá no palanque da prefeita.

Há menos de duas semanas, a vice entregou o cargo de secretária da Ação Social, a prefeita da cidade. A atitude que Baby tomou é uma prova do descontentamento com o governo municipal, disse uma fonte.

Desde o lançamento das atrações das festas de São João e São Pedro, que Baby não aparece ao lado de Eunice. Hoje, no encontro do (PSB) e outros partidos aliados do governo, foi notada a ausência da vice.

Ocorrem boatos nas ruas da cidade, que na fogueira de São Pedro, Baby e Leó Veríssimo, vão anunciar em quem vão apoiar para deputado federal e estadual.  É muito moído político nas cidades do vale do Mamanguape, muitas surpresas estão por vir até agosto, quando acontecem as convenções partidárias e a formação de chapas.

Participam do encontro girassóis, o presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, pré-candidato a governador João Azevedo, pré-candidato ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo, deputados Ricardo Barbosa, Buba Germano, prefeitos Maria Eunice (Mamanguape), Elissandra Brito (Itapororoca), Lili Oliveira (Marcação), Fernando Naia (Rio Tinto), Egberto Madruga (Mataraca) e Serginho Lima (Baía da Traição), vice-prefeita de Mataraca, Emília Brandão, vereadores e lideranças.

Um fato que chamou a atenção no evento foi à ausência do prefeito da cidade de Curral de Cima, Totó Ribeiro (PSDB), que a cerca de cinco meses aderiu ao projeto de Azevêdo.

 

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários