STJ nega pedido do MP e mantém Berg Lima na Prefeitura de Bayeux

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu nesta quarta-feira (26) a solicitação do Ministério Público da Paraíba (MPPB) que pediu a suspensão da decisão que autorizou o prefeito Gutemberg de Lima Davi, conhecido como Berg Lima, a reassumir a Prefeitura da cidade de Bayeux. Com a decisão, Berg permanece no cargo.

Há uma semana, o procurador-geral de Justiça, Alcides Jansen, protocolou um recurso contra a decisão do Tribunal de Justiça que permitiu que Berg reassumisse o poder executivo. De acordo com o MP, houve erro do desembargador na concessão da liminar.

Também foi na última quarta que Berg reassumiu o comando da Prefeitura de Bayeux após 17 meses afastado. A liminar que garantiu o retorno do gestor na última semana foi concedida pelo desembargador Marcos Cavalcanti, que argumentou que mantê-lo afastado do cargo seria uma ‘condenação antecipatória’.

MaisPB



Comentários