Saiba quais são os três principais homens fortes nas pré-candidaturas de Maranhão, Lucélio e Azevêdo

Em época de costuras políticas e articulações para fortalecimento de palanques, na reta final do prazo para as convenções, diante ainda de muitas legendas continuarem indecisas, três auxiliares que tem papel importantíssimo nas três principais pré-candidaturas na disputa pelo Governo se destacam nos bastidores e podem fazer a diferença no resultado do pleito. Trata-se do ex-secretário Diego Tavares, ligado a Lucélio (PV); Dihêgo Amaranto, que atua na pré-campanha de Zé Maranhão (MDB) e o secretário de Articulação política do Governo, Waldson Souza, que trabalha forte para tentar eleger João Azevêdo (PSB) sucessor de Ricardo Coutinho (PSB).

Informações obtidas pelo Blog do Ninja apontam que os três desempenham papel fundamental na articulação e costuras políticas, cada um com seu jeito peculiar de conquistar apoios e atrair adesões

WALDSON SOUZA

Ligado ao segmento socialista Waldson é o homem da agenda política do PSB, sendo muitas vezes responsável por fazer o primeiro contato com os prefeitos. Articulador político, ele conhece os prefeitos pelo nome, ajudando bastante Azevêdo na geopolítica estadual.

DIHÊGO AMARANTO

No lado de Zé Maranhão surge o jovem Dihêgo Amaranto. Ele é tido como fiel escudeiro do senador emedebista.

Durante recente adesão ao bloco emedebista, a vereadora Raíssa Lacerda, por exemplo, chegou a citar a capacidade e a insistência do jovem articulador para que ela oficializasse apoio ao projeto do MDB.

Pelas andanças no interior do Estado, não é incomum vê Amaranto ao lado do senador e também participando ativamente da agenda do parlamentar.

DIEGO TAVARES

Por fim, mas não menos importante, desponta Diego Tavares. O ex-presidente do IPM de João Pessoa é tido como menino prodígio e a principal revelação no staff Cartaxistas. Responsável pela articulação que culminou na adesão do PRTB dos irmão Fábio e Eduardo Carneiro, Tavares tem surpreendido a todos com sua capacidade de atrair novas adesões para a campanha do Partido Verde.

Diego, que é natural de Cajazeiras, chegou a ser cotado para ocupar uma suplência das candidaturas oposicionistas ao Senado, mas preferiu continuar ajudando nos bastidores políticos com estratégias dignas de grandes articuladores nacionais.

Enfim, se depender de articulação, costura política e competência, as três principais pré-candidaturas estão muito bem apresentadas

O Blog do Ninja permanece atento aos bastidores.

 

Blog do Ninja



Comentários