Roberto Paulino revela que fechou com João Azevêdo e só faltam alguns detalhes para o anúncio

Roberto Paulino revelou que conversou por telefone com o governador João Azevêdo e ambos demonstraram interesse na continuidade do diálogo.

O ex-governador Roberto Paulino declarou que abriu um canal de diálogos com o governador João Azevêdo, após a crise interna que culminou na dissolução do diretório estadual do PSB na Paraíba. Em entrevista concedida à rádio Cultura FM, de Guarabira, na manhã desta segunda-feira (16), Roberto Paulino revelou que conversou por telefone com o governador João Azevêdo e ambos demonstraram interesse na continuidade do diálogo.

“Ele queria conversar mais, trocar ideias. Eu disse: olhe, governador, com você eu converso política. A gente agora abriu um leque para que possamos conversar”, relatou o ex-governador. O programa Jornal da Cultura, que transmitiu a entrevista, é comandado pelos apresentadores Rudney Araújo, Edcarlo Monteiro, Martins Jr. e Rodrigo Souza.

“Eu não sou homem de recuar”, declarou Roberto Paulino quando questionado sobre o convite que fez a João Azevêdo para ingressar no MDB. Ele considera que existem muitos fatores na relação com o governador João Azevêdo que “favorecem para um diálogo. Eu, como vice-presidente, fiz o convite e está de pé”.

Roberto afirmou ainda acreditar que a confirmação de uma união entre eles não deverá demorar. “Eu acho que não vai demorar”, respondeu Roberto Paulino ao ser questionado sobre quando realmente será formalizada a união entre João Azevêdo e o MDB de Guarabira. “Com esse rompimento de João e Ricardo, está havendo uma readequação política na Paraíba”, avalia ainda.

ClickPB



Comentários