Prefeita eleita pelo PSB em Mamanguape: “Ganha adesão de três vereadores ligados à base do prefeito Eduardo Brito e Fábio Fernandes”

Lito de Pitanga, Joãozinho e João da verdura

Lito de Pitanga, Joãozinho e João da verdura

Faltando nove dias para os eleitos das eleições de 2 de outubro tomarem posse nos cargos de prefeito, vice e vereadores, a cada dia aumenta o número de lideranças filiadas a partidos que estão na base aliada do prefeito Eduardo Carneiro (PR) e ex-prefeito Fábio Fernandes (PMDB), que a partir de 1 de janeiro, seguirão a orientação política do governo socialista da prefeita eleita, Maria Eunice (PSB).

A população local e a classe política foram pegas de supresa nesta terça-feira (20) e quarta-feira (21), com o anúncio das adesões de três vereadores. O atual presidente da Câmara Municipal, João Ferreira, mais conhecido por João da Estaca de Ouro, conseguiu se reeleger para o segundo mandato pelo (PSD). Já o seus futuros colegas de parlamento, Carlito Filho (PMDB) e João da Verdura (PP) foram eleitos. Os três legisladores são ligados politicamente a Eduardo Brito e Fábio Fernandes, e aderiram ao grupo politico liderado por Maria Eunice.

Com pouca experiência na vida pública, Joãozinho da Estaca aderiu à prefeita em troca da reeleição para o primeiro biênio da Casa do senador Ruy Carneiro, diz o povo.

O ex-presidente da Câmara, o popular Lito de Pitanga da Estrada, não se sabe os motivos que levou a sua adesão aos socialistas, fala-se que por trás da sua decisão de aderir ao futuro governo, deve-se as articulações de Joãozinho da Estaca e do vereador eleito Vaugrhan, filho de Júnior da padaria do (PT do B).

Outro mistério foi à adesão de João da Verdura, do (PP), comandado em Mamanguape por Fabrício Sales, candidato a vice na chapa encabeçada por Fábio Fernandes. Na boca maldita, fala-se que sua decisão de aderir ao grupo da prefeita eleita partiu do articulador político Mooacyr cartaxo, carinhosamente chamado por “Momoca”.

Há quem diga que teremos novos capítulos, com a adesão de mais dois vereadores que se elegeram pela oposição e também devem anunciar apoio a Eunice.

De uma coisa é certa, a futura gestora tem tudo pra fazer uma grande gestão,  é aliada e amiga do governador Ricardo Coutinho (PSB) que fez obras estruturantes e sociais para a cidade de Mamanguape. A socialista começa bem a partir de janeiro, terá um presidente de Câmara aliado “diz o povo”, e – terá maioria folgada no Poder Legislativo. Cada vez mais, Eunice vem se fortalecendo na política local e tornando-se uma referência na região do litoral norte.

Por Chico Soares

 



Comentários