Maria Eunice promete cobrar metas dos secretários e diz que seu governo será para todos

15822956_1658419201115992_3633402334535972372_n

Prefeita Eunice e sua vice Baby Helenita no dircurso de posse

Em uma solenidade muito prestigiada, tomou posse neste domingo (1º), a primeira mulher eleita prefeita da cidade de Mamanguape, Maria Eunice Pessoa (PSB).

A cerimônia foi realizada por volta das 19h, no ginásio do Instituto Moderno ao lado da Câmara Municipal, em sessão, que também deu posse aos 13 vereadores eleitos. Em seu discurso, Maria Eunice prometeu austeridade e transparência. Ela disse que apesar da crise econômica, a ordem é economizar e usar da criatividade para administrar o município que necessita de um impacto de gestão.

No inicio do discurso, Eunice disse que não prometeu nada a ninguém, fará um governo sem promessas que não pode cumprir. “Assumo a Prefeitura da cidade de Mamanguape com vontade e coragem para resolver os problemas existentes deixados pelo meu antecessor. A minha responsabilidade como gestora pública é para cuidar bem das pessoas, o nosso governo não será das ilusões”.

A socialista Maria Eunice, por várias vezes agradeceu a Deus, aos familiares e aliados políticos pela grande vitória. Não se esqueceu de dar destaque ao governador Ricardo Coutinho e o deputado Ricardo Barbosa, principalmente a militância dos girassóis, além da aliança dos partidos que contribuíram para a vitória.

“A prefeita afirmou que a educação será prioridade e receberá atenção especial do governo. Ela promete ampliar a área de saúde da atenção básica, mas terá que melhorar a estrutura física das unidades, equipando e modernizando se for necessário”, afirmou Eunice.

Ainda sobre educação, estuda a possibilidade de implantar na rede municipal os programas “mestre da educação e escola de valor”, para valorizar os professores.

Como modelo de gestão de austeridade, a prefeita já anunciou que reduziu de 21 para 16 secretarias, deverá cortar pela metade os cargos comissionados. Ela disse que a meta de cada secretário é economizar para não gastar o que não pode.

Segundo Eunice, as informações da situação financeira da Prefeitura repassadas pelo antecessor aos veículos de comunicação não bate com a realidade.

Metas          

A prefeita disse que vai cobrar metas de desempenho dos secretários. Ela disse que dará o apoio necessário a cada pasta, porém, quem não estiver dando certo será substituído. Mamanguape precisa desenvolver e gerar empregos.

“A reorganização administrativa visa aperfeiçoar, cada vez mais, a prestação dos serviços. Vamos trabalhar muito pode confiar, com transparência e levar para todos os cantos das comunidades urbanas e rurais políticas públicas necessárias. E iremos cobrar de cada um dos secretários”, afirmou a prefeita  Eunice.

Marca

Eunice disse que a marca do seu governo, é “Mamanguape Cidade do Trabalho”. A socialista disse que seu governo dará cidadania as pessoas e será para todos.

Secretários

1.

Administração – Edvaldo Aves de Aguiar

2.

Educação – Gerailton Santos

3.

Saúde – Antônio Neto Máximo

4.

Planejamento – Flávio Maximino

5.

Ação Social – Baby Helenita Correia

6.

Indústria e Comércio – Udenes Correia

Direitos da Mulher – Elisângela Ferreira

8.

 Cidadania e Direitos da Mulher – Cláudia Cristina (Kaká)

9.

Esportes e Lazer – Aguinaldo Lemos

10.

Agricultura – José Otávio

11.

Finanças – Danielle Aranha

12.

Articulação Política – Luiz Júnior (Da Padaria)

13.

Meio Ambiente – Gemerson Roque

14.

Tesouraria – Adalberto Trindade

15.

Chefia de Gabinete – Edna Gonçalves

16.

Superintendência de Transito – José Costa

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários