Luiza Dantas recebe a Medalha Mulher Destaque Brasil

A Medalha “Mulher Destaque Brasil”, foi criada para agraciar mulheres que se destacam em seus mandatos.

Ao todo, foram 20 mulheres premiadas nesta primeira edição do evento. Foto: Assessoria/UVB

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu/PR recebeu na noite da última quinta-feira(15), o evento da União dos Vereadores do Brasil, para homenagear mulheres que ocupam cargos de decisão e poder nas diversas esferas públicas, especialmente nas Câmaras Municipais. As vereadoras foram homenageadas no evento Medalha Mulher Destaque Brasil, realizado pela União dos Vereadores do Brasil – UVB. Ao todo, foram 20 mulheres premiadas nesta primeira edição do evento. O Presidente da UVB Gilson Conzatti destacou luta contra feminicídio e o trabalho em valorização da mulher na política, como requisitos para a conquista da premiação.

Medalha Destaque Mulher Brasil:

A União dos Vereadores do Brasil – UVB instituiu o prêmio para mulheres atuantes na política, especialmente vereadoras com destaque na atuação legislativa em seus municípios. Anualmente no mês de março, até 20  mulheres, receberão a medalha denominada Mulher Destaque Brasil.

A Medalha “Mulher Destaque Brasil”, foi criada para agraciar mulheres que se destacam em seus mandatos, ou que tenham prestado relevantes serviços, no sentido de divulgar ou fortalecer o papel da mulher na política e nas esferas de decisão e de poder. Que tenham honrado sua biografia por seus feitos e condutas positivas da participação da Mulher na política, especialmente vereadoras com destaque na atuação legislativa em seus municípios.

Sempre em busca por conhecimento e qualificação para melhor desempenho de seu mandato, a vereadora Luiza Dantas (DEM), conhecida por “Lu de Pompeu”, representando a Câmara Municipal de Baía da Traição, recebeu das mãos do presidente da UVB a Medalha Mulher Destaque Brasil.

Em contato com a redação do blog, a parlamentar dedicou essa medalha a todas as mulheres guerreiras da Paraíba, em especial as mulheres de sua terra natal, a cidade litorânea de Baía da Traição.

“É fundamental que as mulheres participem da vida do seu bairro, da sua cidade, do seu estado e da sua nação. Esse é o século das mulheres, não das mulheres contra os homens, e sim da mulher trabalhando ao lado do homem, de igual para igual. As mulheres podem tudo e vão seguramente ocupar mais e mais espaço no cotidiano da vida brasileira e também, esperamos, na vida política e cultural”, declara Luiza.

Da Redação

 



Comentários