Lili tomou posse no domingo como prefeita de Marcação e diz: “Que nasceu para vencer”

img_6172A prefeita eleita de Marcação, região do vale do Mamanguape Lili Oliveira e seu vice, Régio Benjamin, são do (PDT) e tomaram posse na manhã deste domingo (1º) no plenário da Câmara Municipal. A sessão também empossou os nove vereadores e realizou a eleição para a presidência da Casa, que elegeu o vereador Giovane Silva (PSD) como presidente do biênio 2017 a 2018.

Lili Oliveira foi eleita prefeita de Marcação com 2.679 votos, o que equivale a 51,20% do total de votos válidos. Ela disse que seu mandato terá como prioridade a saúde, mais dará total apoio aos setores de educação, assistência Social, valorização dos servidores públicos, agricultura familiar e a atividade da pesca.

A nova prefeita é do partido da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), que facilitará a parceria com o Governo do Estado. Ela dará continuidade às ações do ex-prefeito Adriano Barreto (PSB), com outro estilo de governar o município litorâneo.

A pedetista fez um discurso rápido, lembrou-se da sua adolescência, da participação nos movimentos estudantis, culturais e políticos da cidade, além das conquistas vitoriosas. Lili, disse que: “nasceu para vencer” – e, agradece a Deus.

Política indígena

A prefeita Lili Oliveira, afirmou que a nação dos índios potiguaras pode contar com o apoio da Prefeitura, não medirá esforços para buscar ajudas dos governos – estadual e federal, além de outros órgãos que cuidam da população indígena.

Câmara de Vereadores

A respeito da Câmara de Vereadores, a prefeita disse que estará aberta ao diálogo. Lili está otimista que todos os nove parlamentares querem o desenvolvimento da cidade, bem como, terão o papel de fiscalizar o executivo e elaborar leis.

img_6176

Por Chico Soares



Comentários