Em busca de cargo na Mesa da Câmara, Rômulo ‘apela’ para desistência de Rosso na disputa pela presidência

XvGEj91CO deputado federal Rômulo Gouveia (PSD) admite sua pretensão em ocupar um lugar na Mesa Diretora da Câmara Federal e acredita que seu partido não entra na disputa pela presidência da Casa, com a desistência de Rogério Rosso. A escolha do novo presidente ocorrerá no próximo dia 2. O PSD está entre os possíveis partidos candidatos, porém os nomes que mais cotados para assumir o cargo é o de Rodrigo Maia (DEM) e Jovair Arantes (PTB).

O deputado federal paraibano já colocou seu nome para um lugar na Mesa e vem se articulando com a bancada do partido. “Alguns deputados do PSD já declinaram para o meu nome e devem marchar comigo, tem outros que espero receber o apoio. Eu estou indo à Brasília na próxima semana conversar com o novo líder do PSD, o deputado Marcos Montes (PSD-MG), para negociarmos qual espaço. Atualmente nosso partido tem a segunda secretaria”.

Ele destacou a importância da Paraíba ocupar um lugar na Mesa Diretora. “Será importante para a Paraíba ter um paraibano na Mesa da Câmara Federal, o último paraibano que ocupou um lugar foi o senador Efraim Morais, quando era deputado pelo PFL, em 2004. De lá para cá nenhum outro deputado da Paraíba ocupou um espaço na mesa”.

Rômulo explica que o PSD já possui um espaço pela proporcionalidade, seu receio é que quanto mais se aproxima das eleições os partidos que declaram apoio aos candidatos existentes ocupam os primeiros cargos.

“Talvez a gente não vá ter um espaço tão mais próximo da presidência, aqueles que anunciam o apoio ficam com os espaços melhores na Mesa. Então não podemos deixar para última hora, para que o partido não fique fora, como o PT ficou na eleição passada por um erro de candidatura”.

Em relação ao nome de Rosso, Rômulo ressalta que não pode sacrificar a participação do PSD em detrimento de sua candidatura à presidência. “Temos o maior apreço por Rosso, ele foi autorizado para se viabilizar, se ele não conseguiu o partido precisa então ter sua representação da mesa, nessa questão eu estou sendo o protagonista desta discussão ao lado de Marcos Montes”, disse.

O PSD votou contra Rodrigo Maia na eleição passada, mas Rômulo ainda não sabe quem seu partido irá apoiar. “Nós marchamos contra Maia na outra, mas quem tem que decidir quem iremos apoiar. Eu pessoalmente sou muito simpatizante à recondução do presidente Rodrigo Maia, pelo trabalho que ele vem fazendo”.

Da Redação



Comentários