Efraim vai receber em Brasília os produtores de “coco” que pedem proteção do governo

“Nilton Cavalcanti de Morais e produtores de coco cobram medidas para proteger a indústria da importação de matérias-primas de países da Àsia”.

O diretor-presidente da Agronil e produtor de coco, na região do litoral norte da Paraíba, Nilton Cavalcanti de Morais, participa de um grupo seleto de 40 produtores de coco de todo o Brasil. Eles se reuniram há menos de dois meses, com representantes do Ministério da Agricultura para exigir medidas eficazes para proteger a indústria nacional.

“Para que todos entendam, não queremos impedir a entrada de produtos, mas queremos que os países asiáticos tenham as mesmas regras e tratamento que no Brasil, em relação às legislações trabalhistas e regras sanitárias. A união dos produtores é fundamental”, diz Nilton.

De acordo com Nilton, os produtores de coco sofrem uma concorrência desleal dos mercados asiáticos. É preciso que o governo valorize quem trabalha, gera milhares de empregos e impostos para o país.

“Agora, contamos com o apoio de um forte aliado em Brasília, o líder do DEM na Câmara dos Deputados, Efraim Filho. A luta continua em prol dos produtores de coco brasileiros”, ressaltou Nilton Cavalcanti de Morais.

“Nilton, essa missão que nos foi dada, recebo com muita honra, é convicção minha, acredito no agronegócio e em quem produz. Precisa ser protegida a riqueza brasileira, quem produz hoje no Brasil é um herói da resistência. Entretanto, São tantas barreiras, burocracia, impostos, tarifas, dificuldades de colocar o produto no mercado e uma concorrência desleal, só vai trazer prejuízos aos nossos produtores, contribuir para o desemprego, de gerar impostos para o país”, aponta Efraim.

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários