Após tomar posse no escuro, prefeito na Paraíba acusa gestão anterior de saques à prefeitura

img_6155O novo prefeito de Curral de Cima, Totó Ribeiro (PSDB), acusa a gestão anterior, liderada pelo ex-prefeito Nadir Fernandes de Farias, de saquear a prefeitura no apagar das luzes de 2016. De acordo com Totó – que tomou posse no último domingo (1) à luz de velas, por falta de pagamento da energia – lâmpadas, computadores, bebedouros e cadeiras foram levados da prefeitura.

Segundo o gestor, o débito da prefeitura com a concessionária de energia já ultrapassa R$ 1 milhão. O gestor também acusa o antecessor de zerar a conta bancária do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), com pagamentos programados para esta segunda-feira (2) na ordem de R$ 500 mil . “Fui o primeiro a entrar no Banco do Brasil e enquanto eu estava lá dentro eles passaram a manhã toda sacando dinheiro do caixa, quando abrimos a conta do FPM estava zerada”, reclamou.

Totó também reclama de atrasos na folha de pagamento do funcionalismo, incluindo o 13º salário e afirma ter encontrado a frota do município totalmente deteriorada com ambulâncias e ônibus escolares sem qualquer condição de transportar os estudantes e a população que necessita de um socorro. “Estamos enfrentando uma situação muito difícil no município. A realidade ainda é pior do que imaginávamos. Como não tivemos um processo de transição de governo fica ainda mais complicado de iniciarmos uma administração. O bem público foi saqueado e isso é caso de polícia”, afirmou Totó Ribeiro.

Além do prefeito, foram empossados na madrugada de domingo o vice-prefeito Aécio Fernandes (SD) e nove vereadores.

img_6156

Da Redação com o Blog do Gordinho



Comentários