Vereadora Amanda rompe com Naia e anuncia independência na Câmara de Rio Tinto

Vereadora Amanda Lima (PSB).

O que já era esperado aconteceu. Na sessão ordinária da Câmara Municipal, nesta noite de quarta-feira (9), a vereadora Amanda Lima (PSB), anunciou sua saída da base aliada do prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia (PSB). Nas eleições de outubro do próximo ano, a parlamentar não irá apoiar os candidatos a deputados apoiados pelo prefeito.

Eleita para o primeiro mandato, Amanda obteve 1.022 votos no pleito de 2016, equivalente a 6,84%, foi a mais votada dos 11 parlamentares da Casa.

Ao anunciar o rompimento com a base da situação, ela foi aplaudida pelas as pessoas da galeria da Câmara. Amanda fez críticas à atual gestão. “O prefeito Naia esqueceu o povo que o elegeu, está buscando apoio de um grupo viciado em ser governo, que não sabem ser oposição”, afirmou.

A socialista revelou que o prefeito nunca atendeu seus requerimentos, que tinha como objetivo atender as demandas de Rio do Banco, Taberaba, Boa Vista e outras comunidades rurais, com equipamentos para as unidades básicas de saúde (UBS). São sete meses da administração, daria para nascer um bebê, o prefeito da cidade está perdido, não disse pra que veio.

Ela deixou os cargos indicado a disposição do prefeito. “A partir de hoje, meu mandato será independente, fiscalizando o executivo, apresentando projetos de lei e requerimentos para o bem estar da população”, destacou.

Amanda alegou ter deixado à base aliada por discordar das medidas proposto pelo prefeito, que centraliza o governo e não respeita quem votou nele.

Ouça o áudio da Vereadora na tribuna da casa:

 

Por Chico Soares e Napoleão Soares

Comentários