Um nome para o futuro: em Rio Tinto surge uma nova liderança das oposições

Amanda prestigiando o desfile cívico ao lado de amigos e diversas lideranças políticas.

Depois dos resultados das urnas em 2016 e as diversas “baixas” no governo socialista do prefeito Fernando Naia, na cidade das palmeiras imperiais, a população respira política e já se comenta nos quatro cantos, que num futuro próximo o grupo das oposições, poderá ter uma nova liderança.

Segundo informações, os oposicionistas estão cada vez mais unidos para tentar derrotar o atual gestor do município, e o nome que se comenta, é da atual vereadora Amanda Lima (PSB), a parlamentar foi a mais votada no pleito de 2016, se elegeu com 1.022 votos, o que equivale 6,84 % dos votos válidos. A edil é uma política emergente, tem fortes laços de amizades com o senador Maranhão, o deputado estadual Trócolli Júnior e vem ganhando “musculatura” a cada dia.

Recentemente a legisladora foi à tribuna da câmara municipal de Rio Tinto e uma rádio líder de ibope na região, para anunciar seu rompimento político com o grupo dos girassóis.

Amanda está se articulando para formar um novo grupo de oposição na cidade, cobrando das autoridades melhorias e mostrando a realidade do município, para que a população tenha a quem recorrer, quando precisar.  A ideia é juntar diversos setores da sociedade, ouvir os anseios do povo e propor sugestões que possibilitem melhores dias aos Riotintenses. “Será um grupo cara nova, sem vaidades, pés no chão, onde todos tenham direitos e possam expressar seus pensamentos. Estamos construindo uma nova forma de fazer política, com estratégias, novas propostas e pessoas que tenham objetivo, visando o tão sonhado desenvolvimento da nossa querida terra”, afirmou Lima.

Corpo a corpo na Tradicional Vaquejada

Durante as festividades da tradicional vaquejada da independência, a parlamentar mirim, acompanhada do seu noivo Raphael José, diversas lideranças, amigos e correligionários, prestigiou o desfile cívico, andou pela cidade, cumprimentou as pessoas e por onde passava recebia abraços e mensagens de apoio para num futuro, disputar a prefeitura.

Por Napoleão Soares

Comentários