Tárcio desafia João sobre salários de professores, mas candidato do PSB não aparece

No debate de ontem na TV Master o candidato do PSOL ao governo do Estado, Tárcio Teixeira, desafiou o seu adversário João Azevêdo, do PSB, a provar que o governo do Estado paga o Piso nacional dos professores. Ele marcou com João hoje, às 7h, na Escola João Goulart, mas ele não apareceu.

“Estive na hora marcada, no lugar marcado e nada de João. Mostrei os contracheques e um professor participou e fez sua declaração ao vivo. Provei que o professor da Paraíba não recebe o Piso Nacional”, disse Tárcio.

Ele fez um ao vivo direto do local marcado com João Azevêdo mostrando que o socialista não havia aparecido. “No momento do ao vivo passamos por um momento de tenso, tiros disparados na esquina da escola João Goulart. Felizmente ninguém ficou ferido”, informou Tárcio.

Ele lamentou que João não tenha aparecido. “Como um candidato faz um desafio e não aparece? Que compromisso é esse?”. Tárcio disse que no seu governo cumprirá com a lei. “Vamos valorizar os professores e pagar o piso nacional”.

 

Os Guedes



Comentários