Segurança pública: João apresenta propostas com foco em tecnologia, inteligência e valorização profissional

Investimento em tecnologia e inteligência, convocação de concursados para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, além da qualificação e valorização profissional. Essas foram algumas das propostas para a área de segurança pública destacadas pelo candidato do PSB ao Governo da Paraíba, João Azevêdo, durante entrevista concedida à Rádio Sanhauá, nesta terça-feira (21).

João explicou que os investimentos em tecnologia são uma alternativa para o monitoramento eletrônico em tempo integral das rodovias que cortam o Estado. Questionado, ele ressaltou que não pretende voltar com a antiga Operação Manzuá, mas adiantou que vai transformar os pontos estratégicos das rodovias em locais com monitoramento online.

“Num primeiro momento, vamos implantar centros de monitoramento em João Pessoa, Campina Grande e Patos, e depois expandi-los para outras cidades. A partir dos centros de controle, que possuirão câmeras de alta resolução, teremos como monitorar as rodovias e fazer as checagens tudo online e instantâneo”, afirmou João, acrescentando que esse tipo de acompanhamento já foi testado com sucesso em algumas cidades brasileiras, como Salvador, na Bahia.

O candidato do PSB destacou que a eficiência na segurança pública só pode ser alcançada com uma soma de investimentos na qualificação e capacitação do efetivo, aliado a tecnologias que propiciem inteligência e qualidade nas ações. Para João, é inegável que a área de segurança pública na Paraíba evoluiu com a implantação de políticas públicas pelo atual governo, que antes inexistiam.

Qualificação

A qualificação é outro ponto importante constante no plano de governo de João. Ele lembrou que antigamente o policial na Paraíba recebia certificado de tiro com apenas dois disparos. “Hoje a realidade é outra. Atualmente são necessários pelo menos 250 tiros”, observou.

João relembrou da época em que os policiais paraibanos precisavam empurrar viaturas por falta de baterias ou fazer cotas com a população para colocar combustível nos veículos, que na maioria eram sucateados.

Convocação de concursados

Ainda na entrevista, João garantiu que no ano que vem vai convocar os outros 500 candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar de 20018. “O governador Ricardo Coutinho fez um concurso para aumentar o efetivo em 1 mil policiais e convoca 500 já este ano. Os outros 500 serão convocados no começo da nossa gestão”.



Comentários