Rômulo, sinônimo de cordialidade

Hoje o Brasil e principalmente a Paraíba, perdeu um grande político, uma pessoa que nasceu para servir e ajudar o povo. Era mais que um amigo, sempre muito gentil, educado, atencioso e presente na vida de nossa família. Muitas vezes não conseguimos entender o que acontece, nossa passagem aqui é curta, rápida, temporária, esteja onde estiver “gordinho maneiro”, estará sempre em nossos corações.

Gouveia era sinônimo de cordialidade, quando se falava seu nome com os colegas da imprensa, sempre foi unanimidade, onde todos o adoravam e respeitavam de maneira surreal. O conheci ainda adolescente apresentado pelo meu pai Chico Soares quando ele era presidente da AL, daquelas épocas até os dias atuais, nossa amizade só cresceu, se transformando numa amizade sincera, leal e verdadeira, algo muito difícil nas nossas profissões.

Hoje quando recebi a notícia não resisti, chorei, a dor foi imensa. Na hora, lembrei das nossas conversas quase que diárias e o ‘bom dia’ que nos dava, já nas primeiras horas da manhã. Gostaria de falar mais sobre ti, detalhar as histórias vividas, passamos tantos momentos juntos, inúmeras entrevistas, inclusive participando da minha estreia no rádio, aprendi com o velho Chico a lhe admirar e nesse mundo tão cruel da política, das decepções, diferente de muitos, posso lhe chamar de amigo. Que Deus conforte sua família e saiba que estaremos sempre emparelhados, onde quer que estejas.

Descanse em Paz meu amigo!

Por Napoleão Soares



Comentários