PTC desiste de lançar Fernando Collor como candidato à Presidência

Sigla definiu que foco é obter nas disputas a deputado estadual mais de 1,5% dos votos válido

Senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello – Foto: Divulgação Facebook

O PTC desistiu de lançar o ex-presidente e senador alagoano Fernando Collor como candidato à Presidência. Nesta semana, a sigla decidiu que o foco deste ano será superar a cláusula de barreira, ao obter nas disputas a deputado estadual mais de 1,5% dos votos válidos nacionalmente. Caso essa meta não seja atendida, o partido não pode ter acesso ao Fundo Partidário.

A sigla liberou seus diretórios estaduais a buscarem alianças regionais e não deu detalhes sobre qual nome irá apoiar na disputa pela presidência.

Em junho, o PTC já havia divulgado uma nota em seu site afirmando a desistência de colocar um candidato na disputa presidencial. Na nota que não cita o nome de Collor, o presidente da Executiva Nacional do PTC, Daniel Tourinho, justifica que a medida foi tomada em nome da “sobrevivência” da legenda, diante da necessidade de concentrar esforços na eleição de deputados para a Câmara Federal.

O imbróglio continuou quando, no mesmo mês, Collor publicou um vídeo em sua conta em uma rede social confirmando a pré-candidatura. “Conto com Alagoas, com esse pedaço de chão bom, generoso das Alagoas para que tenhamos sucesso nesse processo. Vamos aguardar o período oficial da campanha para que possamos falar mais sobre isso”, declarou.

Collor se apresentava como uma opção de centro ao eleitor. “Esse centro está muito vazio e eu acredito que, por que não poder postular em nome do Partido Trabalhista Cristão uma candidatura à Presidência da República?”, disse à época. (Com informações da FolhaPress)



Comentários