Prefeitura de Lagoa de Dentro realiza ‘I Cavalgada do Agricultor’, no sábado (28)

A concentração será no ginásio poliesportivo Rapadurão, e terá bênçãos dos cavaleiros e amazonas, comidas típicas da região, aboios e forró pé de serra.

Cerca de 500 cavaleiros e amazonas de pelos menos 12 cidades do brejo e litoral norte, devem participar da ‘I Cavalgada do Agricultor’, de Lagoa de Dentro, neste sábado (28) no dia do Agricultor. O evento é realizado pela Prefeitura e a secretaria municipal de Turismo e Esportes.

O prefeito Fabiano Pedro em entrevista ao Blog Chico Soares, disse não ter dúvidas de que a ‘I Cavalgada do Agricultor’ será um dos grandes eventos no calendário turístico do município, como a festa do padroeiro São Sebastião, o Raízes do Brejo e o Arraiá do Interior.

As secretarias de Agricultura e de Turismo do município elaboraram uma vasta programação alusiva ao Dia do Agricultor, para os cavaleiros e amazonas que vão participar do evento. Haverá café da manhã na concentração, comidas típicas e um animado forró pé de serra.

Veja a programação:

A partir das 8h, concentração no ginásio poliesportivo o Rapadurão, bairro Boa Vista. Ás 9h está previsto a saída dos cavaleiros e amazonas, para a Granja de Genival Rapadura, na comunidade rural de Feijões, onde acontece o primeiro bate cela.

O encerramento da cavalgada será no ginásio o Pedrão. Será oferecido aos participantes frutas tropicais e feijoada, além de muito forró.

A cavalgada terá um percurso de 12 quilômetros, passando por algumas ruas da cidade e comunidades rurais, com paisagem verdes, pequenos açudes, riachos, plantações de abacaxi e pastagens de gado.

A animação ficará por conta de Quarteto Nordestino e aboiadores Joãozinho e Zito Alves, disse os organizadores da Prefeitura da cidade.

“ Essa data celebra a importância dos agricultores para o crescimento econômico do país e para a sociedade”, ressaltou Fabiano.

Já confirmaram presença no evento, deputados, prefeitos e vereadores da região, produtores rurais, comerciantes e profissionais liberais.

Por Chico Soares e Napoleão Soares

 



Comentários