Prefeitos do Vale do Mamanguape e Guarabira fazem pacto pela educação superior

balneario-rincao-recebe-onibus-escolarOs 13 prefeitos eleitos do Vale do Mamanguape e o de Guarabira se reúnem em Audiência Pública na próxima sexta-feira, dia 18, para firmar um “Pacto pela Manutenção da Interiorização do Ensino Superior”. A iniciativa, que acontece a partir das 18h, no Auditório do Campus IV da UFPB em Mamanguape, visa fortalecer o compromisso entre municípios e universidade, quando os novos gestores deverão dialogar sobre os desafios e possibilidades de atuação da universidade na região.

A diretora do CCAE, Angeluce Soares, afirmou que a proposta, de iniciativa da UFPB, é que seja estabelecido um compromisso com as prefeituras em diversas áreas. Ela explicou que entre os maiores problemas enfrentados hoje está o desafio da disponibilização de ônibus escolares para os mais de mil alunos de municípios próximos, que têm encontrado dificuldades em concluir os cursos por falta de transporte. “Temos mais de dois mil alunos e cerca de metade é da região do Vale do Mamanguape. Estes têm sofrido por ônibus que não vêm porque não têm motorista, por falta de gasolina ou até mesmo por algum boato de paralisação. Um problema recorrente e que tem atrapalhado o andamento das aulas”, explicou a diretora.

Angeluce informou ainda que, para além das dificuldades, o diálogo representará ainda um pacto para fortalecimento das próprias prefeituras, já que a UFPB está aberta a parcerias para auxiliar na gestão pública. “Temos cursos de Contabilidade, Secretariado Executivo Bilíngue e Sistemas da Informação que podem estabelecer parcerias com os municípios, além de cursos de licenciatura como matemática e letras, para auxiliar na gestão escolar”, complementou.

Os prefeitos eleitos convidados virão dos municípios de Mamanguape, Rio Tinto, Baía da Traição, Mataraca, Itapororoca, Cuité de Mamanguape, Capim, Marcação, Curral de Cima, Araçagi, Lagoa de Dentro, Jacaraú, Pedro Régis e Guarabira. Este último município, segundo Angeluce, apesar de não integrar o Vale do Mamanguape, foi convidado pelo grande número de estudantes que vêm da cidade.

Da redação com

Blog do Suetoni



Comentários