Polêmica sobre altos salários movimenta sessão na Câmara de Rio Tinto

“Muitos podem dizer que o prefeito pode dar o salário que quer. Mas essa ASG é melhor do que todos”, questionou.

 

Vereadora Amanda Lima (PSB).

Na Tribuna da casa de Ponciano Pessoa, em Rio Tinto, cidade do litoral Norte Paraibano, realizada nesta quarta-feira (19), a vereadora oposicionista, Amanda Lima (PSB) criticou os cortes de salários dos funcionários em 10% propostos pelo prefeito Fernando Naia, quando se tem uma Auxiliar de Serviços Gerais recebendo ‘valores generosos’ de R$ 3.029,65 (Três mil e vinte e nove reais e sessenta e cinco centavos).

A vereadora afirmou que esse foi o salário da ASG recebido no mês de junho, no entanto, poucos meses atrás a funcionária tinha vencimentos de aproximadamente R$1.000,00. Amanda foi mais além e revelou que esta servidora seria parenta de um profissional da imprensa, agraciado pelo prefeito.

Salário do mês de junho de 2017. Fonte: Sagres Online

Salário do mês de julho de 2017. Fonte: Sagres Online

Já no mês de julho, a mesma funcionária teve os vencimentos reajustados. O prefeito Fernando Naia aumentou dos R$ 3.029,65 (Três mil e vinte e nove reais e sessenta e cinco centavos) para R$ 4.334,44 (Quatro mil trezentos e trinta e quatro reais e quarenta e quatro centavos), chegando praticamente ao salário de Secretário no município.

“Muitos podem dizer que o prefeito pode dar o salário que quer. Mas essa ASG é melhor do que todos”, questionou.

“Teve um aumento de mais de 200% de gratificação. Eu acredito que isso não é justo presidente. Sinceramente. E quem quiser ver, eu mostro. Essa cidadã está tirando realmente um valor que o prefeito quer dar”, pontuou.  Para Amanda, o gestor quer diminuir o salário de secretários, coordenadores, e comissionados, mas entra em contradição diante desta situação.

“O prefeito em época de campanha prometeu pagar os terços de férias do povo e até agora nada. Prometeu fazer a ponte do Veloso, e nada. Dizia que não iria ter desvios de função, e é o que mais existe minha gente. Isso é imoral”, disparou.

“Se o prefeito falasse 20% que ele fala no programa dele muito bonito e cumprisse, ele hoje não estaria com a aceitação que está dentro da cidade de Rio Tinto”, avaliou.

“Eu espero que mude. Porque se mudar é bom pra população”, destacou.

Ouça o áudio da parlamentar na integra:

 

Da redação com PB Vale

 

Comentários