Parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Rio Tinto fortalece desenvolvimento rural no município

O fortalecimento de parcerias em busca do desenvolvimento rural sustentável de Rio Tinto, no Vale do Mamanguape, foi objeto de reunião entre o Governo do Estado, por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão rural da Paraíba (Emater-PB), uma unidade da Gestão Unificada , lideranças comunitárias e de associações rurais do município. O encontro, coordenado pelo diretor técnico da Emater, Vlaminck Saraiva, ocorreu na terça-feira (27), na sede do Instituto de Terras e Planejamento do Estado (Interpa) e contou com a participação do secretário de Estado de Articulação Municipal, Buba Germano, e o prefeito de Rio Tinto, Fernando Naia.

Na oportunidade, foi definido um termo de cooperação técnica entre a Emater e a Prefeitura, com a finalidade de assegurar uma assistência técnica sistemática para a implantação de projetos e políticas públicas da agricultura familiar como PAA, PNAE, Pronaf, Quintais Produtivos, Segurança Alimentar e Nutricional, Educação de Campo, Juventude Rural, Garantia Safra, dentre outras ações.

O secretário Buba Germano avalia a importância da parceria firmada com o Governo do Estado, por intermédio da Gestão Unificada, enfatizando que as “ações executadas pela Emater e Emepa vão ajudar na aproximação das políticas do governo com o município, trazendo ainda mais benefícios para a população local”.

Já o prefeito Fernando Naia destacou que, “sem a participação da Emater, seria difícil a implementação das ações e projetos voltados ao atendimento da agricultura familiar no nosso município”. Novas reuniões estão programadas, desta vez em Rio Tinto, com a participação das lideranças comunitárias e técnicos da Emater no município, para definição das prioridades. “Como nova administração municipal estamos buscando parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural para nos auxiliar”, disse.

Participaram da reunião, além do secretário Buba Germano, do prefeito de Rio Tinto e do diretor técnico da Emater , lideranças comunitárias de quatro áreas indígenas, representantes de comunidades e associações rurais, do Conselho Municipal do Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), extensionistas rurais, técnicos da Emepa e a equipe do Núcleo de Extensão Social da Emater, coordenada pela extensionista social Zilda Abrantes.



Comentários