Opinião: Equipe de transição de Bolsonaro e o protagonismo da Paraíba na política nacional

Os paraibanos têm motivos para celebrar o final do ano de 2018 e aguardar com imensa expectativa o próximo ano. É que o Estado vive um momento de importância política pouco visto em toda sua história. A eleição do deputado federal Julian Lemos (PSL) e do presidente Jair Bolsonaro (PSL) trouxeram a esperança de que a Paraíba não será, tradicionalmente, esquecida pelos governantes de plantão.

Não se trata apenas de expectativa, mas de realidade. A formação da equipe de transição do presidente eleito coloca a  Paraíba como protagonista no cenário da política nacional. Porta-voz dos interesses do Estado perante o Governo Federal, Julian Lemos leva a Paraíba a patamares de destaque na Região Nordeste, o que mostra, acima de tudo, compromisso do parlamentar com a sua terra.

Coordenador da equipe de transição no Nordeste, o deputado priorizou a indicação de paraibanos. Dos 50 nomes, 10% são paraibanos. Isso mostra o tamanho que o Estado terá no futuro governo. Para se ter uma ideia da importância do gesto, levantamento feito pelo Blog do Anderson Soares aponta que, Pernambuco, sempre na vanguarda das decisões nordestinas, não conseguiu emplacar nenhum nome na transição.

Não há dúvidas de que a Paraíba elegeu um representante com a força, suficiente, para colocar o Estado na vanguarda dos estados nordestinos. Não por bairrismo ou egoísmo de sua parte, mas para corrigir a dívida histórica que o Governo Federal tem com os paraibanos, um Estado com autoestima baixíssima e estigmatizado como o “quintal de Pernambuco”. O êxito de Julian Lemos é o sucesso da Paraíba. Alguém duvida?

Por: Anderson Soares



Comentários