“O povo de Mamanguape não aceita mais a velha política”; diz Eunice após rompimento de Crisanto

Foto: Assessoria

Depois da participação no programa Rádio Repórter, da última sexta-feira (25), do vereador Crisanto Cavalcante de Farias (PSB) e seu filho, o assessor parlamentar Neto Cavalcante, a prefeita Maria Eunice (PSB), não tem dúvidas do rompimento político. “Ela afirmou que está tranquila, não teme ameaças, quando se elegeu prefeita sua missão foi para governar para todos e não para um vereador; a população de Mamanguape não aceita mais a velha política do toma lá dá cá”, afirmou Eunice.

“Ainda sobre o rompimento do vereador do seu partido, Eunice ressaltou que o povo não aceita ameaças, ataques, mentiras, inversões de factoides, com objetivo da prática de extorsão ao erário”. Estamos ouvindo o povo melhor do que os antecessores, seguimos com orgulho o estilo de governo de Ricardo Coutinho. Demos início ao ciclo de plenárias do “orçamento participativo democrático, assim será, até dezembro de 2020”.

Com exclusividade ao repórter Chico Soares, da Rádio Correio do Vale FM, a prefeita revelou que em um dos encontros com o vereador – “ele” – apresentou curriculum e uma lista de 38 pessoas para serem contratados pela Prefeitura. Eunice foi mais além, disse que as denúncias feitas por Neto, sobre o “Sagres” – o Tribunal de Contas do Estado no futuro julgará as contas da gestão, dará o veredito pela aprovação ou reprovação.

A gestora lamentou as declarações do acadêmico do curso de direito e assessor parlamentar. “Eunice voltou a repetir, salário de prefeito não dar para ficar rico, dinheiro público é do povo, deve ser aplicado com respeito”.

Por Chico Soares

Comentários