Novo presidente da Famup, George Coelho, toma posse em João Pessoa e promete lutar por novo pacto federativo.

Tomou posse na tarde desta segunda-feira (7) o novo presidente da da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), George Coelho (PSB), em solenidade na Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan). George Coelho declarou que a prioridade da gestão é lutar para um repasse mais justo dos recursos que ficam com o Governo Federal.

O novo presidente da Famup declarou em entrevista à CBN Paraíba, que o modelo de 59% para o governo federal, 25% para os estados e 14% para os municípios é um modelo injusto. George Coelho comentou que pretende se unir à Confederação Nacional dos Municípios (CNM) para pressionar o Congresso Nacional e governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) pela aprovação de um novo pacto federativo.

“É uma luta que já vem há algum tempo, que se fala muito no pacto federativo, mas agora o momento chegou ao limite. Esperamos que esse novo governo, já que eles falam tanto em descentralização e liberação da economia, que venha fazer com o município receba o que é devido”, avaliou Coelho.

George Coelho, prefeito de Sobrado, foi eleito como o novo presidente da Famup no dia 6 de dezembro. Candidato da chapa de oposição, ele teve 67 votos contra 60 do prefeito de Cubati, Dudu Dantas (PSB).

A vice-presidente eleita é Graciete Dantas (PSDB), representante do Curimataú, e o 2º vice é o prefeito de Boa Vista, André Gomes (PDT), que vai representar a região do Cariri.

Confira os eixos de propostas

  • Eixo 1: Força Política e Institucional buscando o fortalecimento da FAMUP

Fortalecer a imagem da FAMUP, representar os interesses municipais junto às demais instituições, manter posicionamento em temas relevantes para o Sistema Municipalista e a sociedade em geral.

  • Eixo 2: Consultoria em Áreas Técnicas

Oferecer aos Municípios filiados apoio Técnico por meio do qual consultores especializados nas áreas de Finanças Públicas, Contabilidade Pública, Jurídica e Controle Interno.

  • Eixo 3: Políticas Públicas e Banco de Boas Práticas

Contribuir para o fortalecimento das políticas públicas junto aos municípios, em especial por meio dos consórcios e das Associações de Municípios. Promover a troca de experiência e a difusão de boas práticas da gestão municipal.

  • Eixo 4: Tecnologia e Gestão Eficiente

Fomentar e incentivar a gestão eficiente e a inovação nos municípios, através da implantação e estímulo às políticas e aos programas de inovação, eficiência e sustentabilidade.

Da Redação com G1



Comentários