Na Correio do Vale: Ouvintes cobram do prefeito Naia terços de férias em atraso

Funcionários denunciam ‘silêncio geral’ em Rio Tinto sobre terços de férias em atraso.

Na campanha de 2016, o prefeito afirmava que direito trabalhista não se discutia, se cumpria. Foto: Polêmica Paraíba

Servidores da Prefeitura da cidade Rio Tinto cobraram ao prefeito Fernando Naia, na manhã desta segunda-feira (18), no programa Rádio Repórter da Correio do Vale, os três terços de férias em atraso, referentes aos anos de 2014, 2015 e 2016. Segundo ouvintes, o prefeito precisa cumprir o que prometeu e pagar os terços de férias que é um direito do trabalhador.

Na campanha de 2016, o prefeito Fernando Naia (PSB), afirmava claramente que direito trabalhista não se discutia, se cumpria. No entanto, funcionários estão surpresos com o silêncio da gestão em relação ao assunto.

Servidores da Prefeitura tem entrado em contato com a redação do PBVale, cobrando providências do gestor, já que está prestes a vencer o terço de férias ano 2017. Segundo esses funcionários, a situação chega ser preocupante, principalmente pela mudança de comportamento nos últimos meses de vereadores que antes era oposição, e agora estão ‘calados’.

“Agora estão todo mundo calado. Vereadores, Sindicato e outros que cobravam todo dia. Vamos procurar o Ministério Público, queremos nossos direitos”, denunciou um trabalhador que não quis se identificar.

Da redação com PB Vale

Comentários