MDB, PSDB e PT oficializam candidatura de Skaf, Doria e Marinho ao governo de SP

Skaf, Doria e Marinho estão na briga pelo governo estadual

Paulo Skaf; João Doria; Luiz Marinho. Fotos: José Cruz/Agência Brasil; Bruno Poletti/FolhaPress; PT

Durante suas convenções estaduais, neste sábado (28), MDB, PSDB e PT oficializaram as candidaturas de Paulo Skaf, João Doria e Luiz Marinho, respectivamente, como candidatos ao governo de São Paulo.

Skaf, que se licenciou da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para disputar a eleição, chegou à convenção acompanhado de Henrique Meirelles, pré-candidato à presidência pelo partido.

A vice de Skaf é a tenente coronel da Polícia Militar Carla Basson. Maria Aparecida Pinto, conhecida como Cidinha, vai disputar o Senado. A outra vaga do MDB ao senado está reservada à Marta Suplicy, que pediu até dia 4 de agosto para decidir se vai ou não concorrer.

Tucanos

No anúncio da candidatura de Doria, os tucanos insistiram na ideia de que São Paulo estava quebrada antes da chegada do PSDB. Um vídeo abriu o ato comparando o estado em 1994, antes de o PSDB assumir o Palácio dos Bandeirantes. “Estava abandonado”, disse locutor.

PT

Além da candidatura de Marinho, os petistas apresentaram os candidatos do partido ao Senado, Eduardo Suplicy e Jilmar Tatto. Ana Estela Haddad, mulher do ex prefeito Fernando Haddad, leu uma carta enviada por Lula para a cerimônia em apoio aos candidatos de São Paulo. (Com informações da FolhaPress)



Comentários