Josilda sai fortalecida com vitória de João em Itapororoca

Ela também reconhece o trabalho do vereador do PT, Altamir Meireles, que foi importante para a vitória de João

A vereadora do PSB, na Câmara Municipal, Josilda Lopes, ao lado de aliados, comemorou com muita festa o resultado das eleições do primeiro turno do último domingo (7). Em Itapororoca, o candidato do PSB, João Azevêdo derrotou os seus principais concorrentes, Lucélio Cartaxo, do PV e José Maranhão, presidente estadual do MDB. “Essa vitória significa que as pessoas aboliram a velha prática política, agora, é hora de pensar no futuro da Paraíba e, em Itapororoca”, disse a socialista.

Com a ascensão dos vereadores, Josilda Lopes e Altamir Meireles, surge uma alerta para as lideranças da situação, com vista às eleições em 2020. “Em política tudo é possível, ninguém, é dono de ninguém”, ressaltou a parlamentar.

Uma pergunta que não quer calar, a vitória de João, foi efeito do trabalho de Ricardo Coutinho? – ou será – que a vereadora socialista e o vereador petista, usaram uma estratégia diferente do pleito de 2014? – Eles  surpreenderam a prefeita Elissandra Brito, o ex-prefeito Celso Morais e lideranças da base de apoio ao governo municipal.

A socialista e seu grupo conseguiram transferir 837 votos, para o deputado estadual Buba Germano (PSB), eleito para o segundo mandato. Já o deputado federal Gervásio Maia (PSB), obteve 1.103 votos.

Para o governo, João Azevêdo teve 3.036 votos, superando a votação de Lucélio e Zé Maranhão. Enquanto para o Senado, Veneziano e Luiz Couto, tiveram uma votação menor do que, Cássio e Daniella Ribeiro.

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários