José Inácio diz que gestão na Asplan será com austeridade e parcerias público-privada

Foto: Álvaro Costa

O agrônomo José Inácio Morais depois de eleito presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), em entrevista a imprensa, disse que uma das prioridades da sua gestão, é a austeridade, manutenção do equilíbrio financeiro e econômico da entidade.

Zé Inácio destacou a oferta dos serviços sociais e técnicos para o produtor associado, formar parcerias, público-privada, com os governos estadual e municipal, tendo como prioridade melhorar as condições das estradas vicinais, para facilitar o escoamento da produção de cana-de-açúcar.

O presidente promete estreitar os laços com as indústrias sucroalcooleiras, acompanhar as negociações para fixação de melhores valores da cana. José Inácio foi aclamado por associados durante uma Assembleia Geral Ordinária, para dirigir no próximo triênio (2017/2020), os destinos da Asplan, que totaliza cerca de 1.500 produtores.  Zé vai presidir a Asplan pela segunda vez, tem a seu favor, a confiança dos associados.

Além da presidência, foram eleitos outros membros da diretoria, conselho fiscal e executivo da entidade. O novo presidente é um dos grandes produtores de cana do estado, além de banana e batata doce, é gerador de empregos e rendas. “Confesso que resisti aceitar ser presidente outra vez desta entidade, darei o melhor de mim, continuidade ao trabalho realizado por Murilo e fortalecer ainda mais a Asplan”, diz José Inácio.

Antes da posse marcada para o próximo dia 17, José Inácio de Morais já começou a trabalhar, na segunda-feira (9), se reuniu com a diretoria do Departamento de Estradas e Rodagens da Paraíba – (DER-PB) para tratar do projeto de revitalização das estradas de Santa Rita. A proposta inicial é recuperar 13 km, através de parceria público-privada, que envolverá a Prefeitura e o Governo do Estado, além dos produtores da região.

A atual diretoria encerra a gestão no dia 17, Murilo Paraíso e outros membros da diretoria, Oscar de Gouveia e Raimundo Nonato, falaram sobre a importância da união dos produtores e ressaltaram a forma da condução consensual que elegeu José Inácio como o novo presidente da Asplan. .

 

Por Chico Soares

Com informações da Asplan

Comentários