Itapororoca, o meu benquerer

Já me antecipando para daqui a dois dias, quando a sexta-feira (29) de dezembro iniciar, para festejar e parabenizar minha amada Itapororoca. Particularmente tenho eterna gratidão por essa terra e sempre falo aos amigos mais íntimos que considero esse lugar, um pedaço de mim.

Mesmo criança, lembro-me das bandas marciais na alvorada, o barulho dos fogos acordando todos e a cidade já se agitava antes do raiar do sol. Menino, já entendia que seria um dia especial e já pedia aos meus pais, que me colocassem a melhor roupa, com a intenção de participar das festividades do grande dia.

Fazendo uma retrospectiva no passado, lembro-me das escolas que estudei a exemplo do Centro Educacional Pequenas Estrelas e Santa Bárbara (atual colibri), não poderia esquecer os amigos de infância, das namoradinhas e principalmente das festas juninas e de Santos Reis onde todos os moradores se encontravam e se confraternizavam.

Aqui aprendi o amor pela política, participei direta ou indiretamente de várias eleições, e votei pela primeira vez. Não só isso. Ainda muito jovem, admirava as caminhadas, as carreatas, as antigas cirandas, os showmícios e os discursos folclóricos de diversas autoridades. Tanto que participei, com apenas cinco anos de idade discursando no comício do saudoso Geraldo Mendes de Pontes. Estímulo que vinha de casa, da avó e matriarca Zefinha Soares (in memoriam), do avô e um dos fundadores da cidade, João Soares (in memoriam), considerado por muitos o médico do povo e do meu pai, o jornalista Chico Soares, todos de sangue político nas veias.

Itapororoca, minha terra natal, onde hoje vivo e irei viver até os fins dos meus dias, almejamos que as conquistas do município sejam sempre em prol de todos, demonstrando que cabe a nós fazermos o amanhã, na incessante busca do caminho correto por um município mais digno com os direitos cada vez mais concretizados.

Parabéns a esse município que tem um passado de glórias, um presente de desafios e um futuro promissor.

Por Napoleão Soares


Professor, pós-graduado em Ciências Ambientais e História do Brasil, Estudante de Comunicação e Marketing Político, atua na administração pública estadual e municipal. Já trabalhou no Exército Brasileiro como Oficial de Infantaria, Banco do Brasil, Assessor Político, atualmente é editor chefe do blogchicosoares.com

Contato: napoleaoangelo@yahoo.com.br | (83) 98713-4070 / 99645-1609



2 comentários em “Itapororoca, o meu benquerer”

  1. Eneias says:

    Belas palavras meu amigo Napoleão Soares

    1. Napoleão Soares
      Napoleão Soares says:

      Obrigado meu fiel amigo.

Comentários