Fernando Naia nomeia vereadora Amanda Lima para a secretaria da Mulher e Diversidade Humana em RT

Ela deixa a Câmara Municipal para o suplente Luan Potiguara, assume secretaria da Mulher e Diversidade Humana. A gestão socialista passa a ter cinco mulheres no secretariado da Prefeitura da cidade.

Aos 23 anos, Amanda Lima (PSB), foi à vereadora mais votada nas eleições de 2016, já tem um currículo invejável na história da política da cidade. Ela é formada em nutrição – e, a partir da última quarta-feira (2) assumiu a secretaria da Mulher e Diversidade Humana. A parlamentar atendeu o convite do prefeito Fernando Naia (PSB), que a um ano e quatro meses de gestão tem quebrado paradigmas dos tradicionais políticos da cidade, um desafio de coragem.

Amanda é considerada um fenômeno eleitoral por adversários e aliados. Mas para ela, a pasta que assume será mais um desafio de experiência e conhecimentos. “Gosto muito de trabalhar com as pessoas as meu lado, da zona urbana e das comunidades rurais”, disse a parlamentar.

Amanda se elegeu com 1.022 votos; sendo a mais votada dos 11 pares da Casa. Em seu lugar, assume o suplente Luan Cardoso de Menezes, “Luan Potiguara (PV)”, que obteve 419 votos no pleito de 2016.

Nas redes sociais Amanda escreveu: “Estarei licenciada do meu mandato na Câmara Municipal, continuarei fazendo as minhas obrigações como representante do povo do querido município, fazendo o bem coletivo as pessoas que mais precisam”, destacou Amanda.

Com a posse de Amanda na titularidade da secretaria da (Mulher e Adversidade Humana), o governo socialista conta com cinco mulheres secretárias: Bel Rosendo (Saúde), professora Tida (Educação), Iona Suelena (Ação Social), Rosimary Farias (adjunta de Planejamento e Gestão).

 

Por Chico Soares e Napoleão Soares



Comentários