Em carta, Lula agradece lealdade de Ricardo e afirma que João é seu candidato na Paraíba

O ex-presidente e atual candidato do PT à Presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva, enviou uma carta ao povo da Paraíba onde destaca a gratidão e a lealdade dos paraibanos, em especial a lealdade demonstrada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB). O conteúdo da carta foi divulgado durante coletiva de imprensa, na manhã desta quinta-feira (6), em João Pessoa. O ato contou com as presenças do candidato do PSB ao Governo do Estado, João Azevêdo, os candidatos ao Senado, Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Luiz Couto (PT), o candidato a deputado federal Marcos Henriques (PT), e o presidente estadual do PT, Jackson Macêdo. No texto, Lula afirma que João é seu candidato e o projeto socialista é o melhor para a Paraíba continuar avançando.

Inicialmente, ao falar de gratidão, Lula diz que a resposta dos paraibanos a seus projetos – como Bolsa Família, ProUni e a transposição das águas do São Francisco – sempre foi positiva. Em seguida, no tocante a lealdade, ele destaca as atitudes e posicionamentos do governador Ricardo Coutinho durante os últimos anos.

“Quero pedir licença para me dirigir a uma pessoa em especial: o governador Ricardo Coutinho. Jamais esquecerei a lealdade demonstrada por ele em todos os momentos difíceis que nós temos passado. Jamais esquecerei o dia em que o governador deste Estado, dependente de recursos federais como todos os outros Estados deste país, ousou desafiar o governo golpista de Temer e seus aliados tucanos e fazer a inauguração popular das obras do São Francisco, com minha presença e da presidenta Dilma”, diz trecho da carta de Lula.

O líder petista enxerga em João a continuidade e a certeza de avanço do projeto que revolucionou a gestão pública e a democracia no Estado. “Espero seguirmos juntos nessa eleição no Brasil e na Paraíba, agora com João Azevêdo, o candidato do governador. E vamos eleger para o Senado esse companheiro do PT, o Padre Luiz Couto. No dia 7 de outubro, vamos juntos rumo à vitória, com Padre Luiz Couto e Veneziano no Senado, e João Azevêdo dando continuidade ao trabalho de Ricardo Coutinho”, afirmou Lula. “Vamos dar um banho de democracia, com as águas abençoadas do nosso São Francisco”, arrematou.

Sobre o apoio

João disse que recebe as palavras de Lula com uma enorme satisfação. Para ele, não poderia ser diferente vindo do ex-presidente e o reconhecimento dos gestos do PSB da Paraíba é algo natural diante do recente histórico da relação.

“Essa carta traz dois termos muito fortes: gratidão e lealdade. No caso da Paraíba adicionaria mais duas: coerência e coragem. A postura do governador Ricardo Coutinho e de nosso partido ao longo desse tempo tem sido exatamente de coerência e coragem. Se posicionar contra o Governo Federal efetivamente trouxe consequências para termos as dificuldades que enfrentamos a partir de 2015. E ter nesse momento um apoio fundamental como esse representa muito”, afirmou João.

Conforme João, houve uma tentativa de se aproveitar da popularidade e prestígio do presidente Lula por outros candidatos que não estão alinhados ao PT. Nomes esses que “ficaram escondidos e só agora ficam se colocando para defender Lula”. Para João, a história está aí para ser vista, lembrada e, acima de tudo, afirmada – assim como foi feito na carta de Lula.

Para o candidato ao Senado Veneziano Vital do Rêgo, as eleições deste ano vão mostrar a flagrante diferença entre os projetos que estão postos para governar a Paraíba. O PSB já mostrou ser o mais preparado, e seguirá no comando para seguir avançando com o Estado.

“Nada de diferente ou surpreendente daquilo que é o sentimento do presidente Lula, principalmente sobre esse projeto do PSB. Aí estão palavras honrosas, sobre a lealdade de Ricardo. Também há palavras de afeição, sobre como sempre foi bem recebido no Estado. E Lula está agora apoiando a caminhada do companheiro João. De minha parte, sinto muita honra”, afirmou Veneziano.

Já o candidato ao Senado Luiz Couto também enxerga nas palavras de Lula a sinceridade e coerência do petista para com a Paraíba e o PSB estadual. “Não podíamos esperar outra coisa de Lula que não fosse esse compromisso com a Paraíba e o Nordeste. Tanto que a região é referência nesse apoio ao presidente Lula”, disse.

Na oportunidade, Couto ainda defendeu a liberdade de Lula para disputar o pleito presidencial neste ano. “O companheiro Lula tem que estar livre, tem que ser candidato, e é o povo que decide se ele será presidente ou não. No mais, agradecer ao presidente Lula pelo apoio e a referência que ele faz ao nosso governador Ricardo Coutinho”, finalizou.



Comentários