Opinião

Eduardo Brito: “Um exímio estrategista”

A palavra estrategista significa especialista em estratégia, soldado estrategista. Diz-se da pessoa a quem se designa certa estratégia. O estrategista tem características peculiares como: antecipação, articulação, pensamento crítico, interpretação, liderança e decisão. Trazendo para realidade da região, especialmente da cidade mais importante que é Mamanguape,

Celso Morais: a “peça-chave” da política Itapororoquense

Odiado por muitos e querido pela maioria, indiscutivelmente, segundo os moradores, a classe política e até mesmo os adversários da pequena Itapororoca, o pernambucano de nascimento, porém, paraibano de coração, Celso Morais, é decisivo e considerado a maior liderança inconteste na atualidade da terra do

“O Galeguim do Zoi Azu”

No último final de semana, nas festividades de emancipação política da cidade de Marcação-PB, “O Galeguim do Zoi Azu” – apelido carinhoso dado ao ex-vereador e ex-prefeito de Itapororoca – Erilson Claúdio, apareceu na festa de maneira surpreendente, apresentou seu deputado estadual e também seu

“Urubus da Política”

Na vida e principalmente na política, tem gente para tudo, ontem num momento de tristeza profunda, onde a Paraíba perdeu um dos seus melhores e maiores políticos, algumas figuras conhecidas da política paraibana, nem esperaram o corpo do deputado federal Rômulo Gouveia ser sepultado e

Rômulo, sinônimo de cordialidade

Hoje o Brasil e principalmente a Paraíba, perdeu um grande político, uma pessoa que nasceu para servir e ajudar o povo. Era mais que um amigo, sempre muito gentil, educado, atencioso e presente na vida de nossa família. Muitas vezes não conseguimos entender o que

Tia Léa: uma cabo eleitoral de “peso”

Visitando ontem a cidade de Guarabira e como sempre faço por onde passo, já que é peculiar da minha natureza, entrava nas lojas, conversava com a população local, visitei as tradicionais padarias e não poderia deixar de falar de uma das maiores paixões da minha

“Rebeldia Generalizada”

Diferentemente de antigamente onde os chefes políticos apresentavam seus candidatos a deputado estadual, deputado federal, entre outros e os vereadores, como também correligionários assinavam embaixo e seguiam a cartilha dos seus líderes, hoje os tempos mudaram, a política também e definitivamente, já não existe mais