Decepcionada – Por Napoleão Soares

Os problemas enfrentados pela Guarda Civil Municipal de Mamanguape foram debatidos em Audiência Pública, na manhã desta terça-feira, na Câmara Municipal. A audiência foi proposta pela vereadora Maria do Socorro de Oliveira, conhecida por Maria da Saúde (PSDC), com objetivo de fazer a interlocução entre os guardas municipais e os representantes do governo municipal, para discutir a Lei Federal n° 13.022/14, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

De jeito simples e bem relacionada com diversos segmentos da política Mamanguapense, Maria da Saúde chamou a atenção de todos presentes na Casa do Senador Ruy Carneiro, já que saiu um pouco do seu estilo ‘paz e bem’ e criticou alguns parlamentares do município pela ausência na audiência. “Como vereadora procuro fazer a minha parte, infelizmente aqueles parlamentares que não estão aqui, não tem compromisso com esse órgão tão importante e garantidor da ordem pública, que é a guarda municipal”, alfinetou a edil, que também se mostrou decepcionada com a ausência da população nas galerias.

Além de Maria, participaram do evento, os vereadores Neto Belino (PTB), Vaugrhan da Padaria (PT do B), Nestor (PSDC), João da Verdura (PP), Rany Veríssimo (PRTB), Guilherminho Fernandes (PSDB), o delegado seccional da 7° delegacia de Polícia civil, Walter Brandão e o inspetor da Guarda Municipal de Mamanguape, Adailton.



Comentários