Candidatura de Bolsonaro é ‘voo de galinha’, diz coordenador de Alckmin

D’Avila reconheceu que ambos os partidos estão desgastados pela Lava Jato, mas, ainda assim, acredita que não haverá espaço para “aventureiros” como o pré-candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

Opinião é do cientista Luiz Felipe D’Avila, responsável pelo programa de governo do pré-candidato tucano (Foto: Reprodução)

O cientista político Luiz Felipe D’Avila, responsável pela elaboração do programa de governo do pré-candidato à Presidência Geraldo Alckmin, afirmou esperar que o tucano enfrente um candidato do PT no segundo turno das eleições em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

D’Avila reconheceu que ambos os partidos estão desgastados pela Lava Jato, mas, ainda assim, acredita que não haverá espaço para “aventureiros” como o pré-candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

“Eu acho que Bolsonaro é um voo de galinha. Hoje ninguém está preocupado com eleição a não ser político e jornalista. Quando chega agosto, cai a ficha. Aventureiros não ficarão em pé”, disse.

Para o cientista político, qualquer candidato indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá garantida uma vantagem nas pesquisas eleitorais e acabará por disputar o segundo turno com tucanos. “Qualquer pessoa que o Lula ungir vai ter 15 ou 16 pontos. Ainda acho que o segundo turno vai ser o clássico PT e PSDB”, afirmou.

Por Notícias ao Minuto

 



2 comentários em “Candidatura de Bolsonaro é ‘voo de galinha’, diz coordenador de Alckmin”

  1. Ali Mendes says:

    Concordo plenamente… Bolsonazi não convence, não. Agora, Alckmin me parece uma boa opção de voto, tem boas propostas… não governou meu Estado, mas acho que ele tem as qualidades necessárias pra colocar o Brasil na linha de novo.

  2. Marcia says:

    Concordo, Bolsonaro não vai nem pro segundo turno. Quando chegar a hora de debater histórico e propostas, Bolsonaro não vai se sustentar. Alckmin é a opção certa.

Comentários