Câmara de Vereadores de Itapororoca realiza segunda sessão ordinária com a presidência de Jailson Fernandes

IMG_6845A segunda sessão realizada na Câmara Municipal de Itapororoca aconteceu nesta sexta-feira (10), foi prestigiada por populares de diversos segmentos da sociedade. Para o presidente Jailson Fernandes (DEM), a presença do povo nas sessões é uma prova de confiança da nova legislativa e nos 11 parlamentares.

O presidente da Casa de Rúbio Maia Coutinho, Jailson Fernandes disse que a os colegas parlamentares que compõem a Casa participaram da sessão, alguns apresentaram requerimentos para o Executivo de interesse da população.

O atual dirigente da Casa tem se destacado pelo fácil poder de liderança e transparência na organização administrativa. Ele pede à população que participe dos trabalhos dando sugestões de como resolver os problemas, principalmente da crise hídrica que vive a cidade e as comunidades rurais do município.

Vereador da bancada governista, Ricardo Souto (PDT) em sua fala, se ofereceu a doar um terreno para construção de uma base para a Força Tática da PM.

A vereadora Josete Rodrigues (PMDB) parabenizou todos os pares pela aprovação do Projeto de Suplementação do Poder Executivo, no valo de R$ 490.000,00 – para a continuação da obra de construção do estádio de futebol da cidade.

O professor Val de Curralinho foi escolhido pela bancada dos Democratas como líder do governo municipal. A escolha teve o aval da prefeita Elissandra Brito (DEM).

Já o líder da bancada da oposição, o vereador Rodrigo Carvalho (PSDB) solicitou a formação de uma comissão de vereadores “suprapartidários”, para avaliação dos imóveis e a diminuição dos impostos no código tributário do município.

Sessão Extraordinária        

O presidente Jailson Fernandes realizou na quarta-feira (8) a primeira sessão extraordinária. Os vereadores foram convocados pela Mesa Diretora da Casa, para votar o projeto de Lei nº 412 oriundo do Executivo para a abertura de crédito especial no orçamento do exercício de 2017, no valor de R$ 490.000,00.

O projeto é da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, para a continuação da construção do estádio municipal de futebol. Dois dos 11 vereadores faltaram à sessão extraordinária, mas justificaram. O projeto teve a aprovação por unanimidade.

Por Chico Soares



Comentários