Ator global amigo de Cássio Cunha Lima poderá ser o vice de Marina Silva

A Rede incluiu o nome do ator Marcos Palmeira na lista de possíveis vices de Marina Silva no caso de uma chapa pura do partido na corrida pelo Planalto. Segundo o porta-voz da sigla, Pedro Ivo Batista, o nome de Palmeira é um dos preferidos da base do partido.

São aventados como possíveis vices internos ainda o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e o economista Ricardo Paes de Barros. Palmeira, que é filiado à legenda, é um apoiador conhecido da pré-candidata desde a primeira vez que ela tentou chegar ao Planalto, em 2010.

Atualmente, o ator é parte do elenco de “Intervenção”, filme de Rodrigo Pimentel, um dos autores dos livros que inspiraram a franquia “Tropa de Elite”.

A Rede, porém, ainda não descarta a formação de alianças nacionalmente. Segundo a coordenação de campanha, a expectativa é que as decisões sejam finalizadas nesta semana, antes da convenção nacional no dia 4 de agosto, que oficializará o nome de Marina Silva como candidata à presidência.

O partido mantém conversas com Pros, que ofereceu como vice o ex-deputado Maurício Rands, e o PHS, que colocou o advogado criminalista Castellar Modesto à disposição da ex-senadora. PMN e Podemos (que tem como pré-candidato o senador paranaense Álvaro Dias) também estão no radar da sigla. Além disso, nesta quinta-feira (26), Marina Silva se encontrou com o presidente do PV, José Luiz Penna, em São Paulo. Com informações da Folhapress.

Filiado à rede, o ator Marcos Palmeira é amigo do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) desde a época em que Cássio era estudante de Direito, no Rio de Janeiro, na década de 80. Na campanha de 2014, Marcos Palmeira foi sugerido para a disputa do cargo de governador do Rio de Janeiro. Ele chegou a gravar um vídeo em que pedia votos para Cássio, então candidato ao Governo da Paraíba.

 

Bastidores da Política PB



Comentários