Após morte de Rômulo, filiação de Romero Rodrigues ao PSD volta a ser cogitada

Rômulo, Eva e Romero Rodrigues

Menos de uma semana depois da morte do deputado federal e presidente estadual do PSD, Rômulo Gouveia, articulações em torno da lacuna política que ficará começam a ser especuladas. O ingresso do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), ao PSD logo após a eleição deste ano, é uma dessas movimentações.

Romero no PSD era um desejo do próprio Rômulo que por diversas vezes deixou as portas do partido abertas para o gestor, inclusive no último pleito municipal. A ideia passa por um entendimento de que o prefeito precisa de independência política, algo que no PSDB não é muito fácil.

O deputado estadual Manoel Ludgério está na presidência interina do PSD até a convocação de uma eleição em que Eva Gouveia, viúva de Rômulo, deverá ser eleita para comandar o partido. Eva, os filhos e o irmão de Gouveia são as opções do PSD para substituí-lo na disputa por uma cadeira na Câmara Federal.

Paraíba Debate



Comentários