Agrônomo José Inácio Morais será outra vez; “presidente da ASPLAN”

Bennom, Murilo e José Inácio

É grande a expectativa dos mais de 1,4 mil produtores de cana, sócios da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (ASPLAN/PB), para a eleição de escolha da diretoria para um mandato de três anos, marcada para a próxima terça-feira (10), no auditório da entidade, em João Pessoa.

Na tarde desta sexta-feira (6), o presidente da ASPLAN, Murilo Paraíso se reuniu com os colegas da futura gestão, entre eles, o futuro presidente, agrônomo José Inácio Morais. Durante um almoço de confraternização, eles celebraram a harmonia na sucessão de mandatos. A eleição será de forma consensual por todos os associados, a posse da nova diretoria da entidade está marcada para o dia 17 do mês de outubro.

“Deixo a presidência da ASPLAN com o dever cumprido, fiz o que esteve ao meu alcance pela entidade ao lado de todos os associados e funcionários, quero continuar ajudando a nova gestão”, afirmou Murilo Paraíso.

“Murilo agradeceu o apoio do ex-governador Cícero Lucena, que sempre acolheu os pleitos da ASPLAN, teve um olhar especial com setor na Paraíba”, frisou.

O atual presidente fez uma homenagem ao advogado Ricardo Afonso, que há 30 anos é responsável pelo setor jurídico da entidade. Ricardo recebeu das mãos do presidente Murilo Paraíso um quadro comemorativo.

“O tesoureiro da ASPLAN, Oscar Gouvêa enalteceu a importância as entidade. Para Oscar, a cada gestão a entidade consegue galgar espaços importantes, que só engrandecem a harmonia e o trabalho de todos”, ressaltou.

“Em sua fala, José Inácio Morais elogiou a união de todos os produtores e associados da entidade. Ele fez uma retrospectiva sobre a política dos governos federais em relação ao setor canavieiro, a ASPLAN superou adversidades e está chegando ao fim de 2017, mais fortalecida”, destacou.

De acordo com José Inácio, o cultivo de cana-de-açúcar, se mantém como principal atividade na agricultura e a que mais emprega no campo. A produção e larga escala, deve totalizar 6 milhões de toneladas/safra na Paraíba.

Por Chico Soares

Com informações da ascom ASPLAN/PB

Comentários